Brazilian Journal of Pulmonology

ISSN (on-line): 1806-3756 | ISSN (printed): 1806-3713

SBPT

Publication continuous and bimonthly

SCImago Journal & Country Rank
Advanced Search

 

Current Issue: 2003 - Volume 29 - Number 2 (March/April)

ORIGINAL ARTICLE

Inhaled medication on asthma management: evaluation of how asthma patients, medical students, and doctors use the different devices

Inalantes no tratamento da asma: avaliação do domínio das técnicas de uso por pacientes, alunos de medicina e médicos residentes

 

Janaína Barbosa Muniz; Carlos Roberto Padovani; Irma Godoy

 

Abstract

Asthma is characterized by variable airflow obstruction, hyperresponsiveness of airways to endogenous or exogenous stimuli and inflammation. Inadequacy of the techniques to use different inhalation devices is a cause of no response to treatment. The main purpose of this study was to evaluate how 20 medical students, 36 resident physicians on Internal Medicine/Pediatrics, and 40 asthma patients used three devices for inhalation therapy containing placebo. All patients were followed at the Pulmonary Outpatient Service of Botucatu Medical School and had been using inhaled medication during the last six months. The following devices were evaluated: metered dose inhalers (MDI), dry powder inhalers (DPI), and MDI attached to a spacer device. A single observer applied a protocol containing the main steps necessary to obtain a good inhaler technique to follow and grade the use of different devices. Health care professionals tested all three devices and patients tested only the device being used on their management. MDI was the device best known by doctors and patients. MDI use was associated with errors related to the coordination between inspiration and device activation. Failure do exhale completely before inhalation of the powder was the more frequent error observed with DPI use. In summary, patients have not been receiving repeated instruction on how to use inhaled medication and health care professionals are not well prepared to adequately teach their patients.

 

Resumo

A asma resulta da combinação de três características essenciais: obstrução das vias aéreas,
hiper-responsividade brônquica e inflamação. O uso dos inalantes com técnica inadequada tem sido apontado como um dos responsáveis pelo fracasso terapêutico. O objetivo deste estudo foi avaliar o domínio da técnica de uso das medicações inalatórias de 20 estudantes do 6º ano médico, 36 médicos residentes em Clínica Médica/Pediatria e de 40 pacientes. Os pacientes eram acompanhados no Ambulatório de Pneumologia do HC/Unesp e estavam em uso de medicação inalatória durante pelo menos seis meses. Os dispositivos avaliados foram: nebulímetros pressurizados (NEPS), nebulímetros com espaçadores (ESP) e inaladores de pó seco (IPS). A técnica foi observada e pontuada por examinador único, de acordo com protocolo apropriado. Os profissionais de saúde demonstraram a técnica com os três tipos de inalantes citados, enquanto os pacientes foram avaliados somente nos que faziam parte do seu tratamento. O NEP foi o dispositivo mais conhecido tanto por médicos quanto por pacientes. Para o NEP, os erros mais comuns, em todos os grupos estudados, foram os relacionados com a coordenação entre a inspiração e o acionamento do dispositivo. Para o IPS, foi a não realização da expiração máxima antes da inalação do medicamento. Foi observado que os pacientes apresentavam grande carência de informações precisas quanto ao uso dos dispositivos e que os profissionais desconheciam a técnica ou sentiam-se inseguros quanto à melhor forma de ensinar seus pacientes, optando, muitas vezes, por não orientá-los.

 

 

 

No content registered.

 

 


The Brazilian Journal of Pulmonology is indexed in:

Latindex Lilacs SciELO PubMed ISI Scopus Copernicus pmc

Support

CNPq, Capes, Ministério da Educação, Ministério da Ciência e Tecnologia, Governo Federal, Brasil, País Rico é País sem Pobreza
Secretariat of the Brazilian Journal of Pulmonology
SCS Quadra 01, Bloco K, Salas 203/204 Ed. Denasa. CEP: 70.398-900 - Brasília - DF
Fone/fax: 0800 61 6218/ (55) (61) 3245 1030/ (55) (61) 3245 6218
E-mails: jbp@jbp.org.br
jpneumo@jornaldepneumologia.com.br

Copyright 2019 - Brazilian Thoracic Association

Logo GN1