Jornal Brasileiro de Pneumologia

ISSN (on-line): 1806-3756

ISSN (impressa): 1806-3713

SCImago Journal & Country Rank
Busca avançada

Ano 2002 - Volume 28  - Número 6  (Novembro/Dezembro)






Editorial

1 - O sonho dos mil gatos

Geraldo Lorenzi-Filho

J Bras Pneumol.2002;28(6):305-306

PDF PT


2 - A pesquisa experimental na pneumologia brasileira

Carlos Roberto Ribeiro Carvalho

J Bras Pneumol.2002;28(6):307-308

PDF PT


Artigo Original

3 - Estudo do efeito da amiodarona sobre o peso corpóreo e sobre determinantes morfológicos e citopatológicos do pulmão em ratos machos e fêmeas das linhagens Wistar, Wistar-Kyoto e SHR

Study on the effect of amiodarone on the body weight and on lung morphologic and cytopathologic parameters of male and female Wistar, Wistar-Kyoto, and SHR rats

Thais Thomaz Queluz, Maria Helena de Castro e Silva, Silméia Garcia Zanatti, Frederico Sobral de Oliveira, Rodrigo Bazan, Júlio Defaveri

J Bras Pneumol.2002;28(6):309-316

Resumo PDF PT English Text

Introdução: A maioria dos estudos experimentais sobre a toxicidade pulmonar induzida por amiodarona tem sido realizada em ratos machos da linhagem Fischer-344. Objetivos: Investigar o efeito da amiodarona sobre o peso corpóreo e sobre determinantes morfológicos e citopatológicos do pulmão em outras linhagens de ratos de ambos os sexos. Métodos: Grupos de ratos machos e de fêmeas das linhagens Wistar, Wistar-Kyoto (WKY) e espontaneamente hipertenso (SHR) receberam, por gavagem, durante quatro semanas, 175mg/kg/dia de amiodarona em suspensão salina. Os grupos controles receberam apenas salina. Foram estudados ganho de peso corpóreo, celularidade total e diferencial do lavado broncoalveolar (LBA) e histopatologia dos pulmões. Resultados: Mortalidade pela amiodarona foi observada nos ratos WKY tratados, sendo maior em machos. Animais SHR tratados de ambos os sexos apresentaram o menor ganho de peso entre as linhagens estudadas. Ratos machos Wistar e SHR tratados apresentaram maior ganho de peso do que as fêmeas das suas respectivas linhagens. O LBA de ratos SHR tratados de ambos os sexos era hemorrágico. A celularidade do LBA foi maior em machos tratados (WKY > Wistar > SHR). Entretanto, nos machos e fêmeas WKY a contagem diferencial mostrou o menor percentual de macrófagos e o maior de neutrófilos entre as três linhagens. Macrófagos do LBA de ratos Wistar tratados apresentavam fosfolipidose, enquanto a maioria dos macrófagos de ratos SHR tratados eram normais. No exame anatomopatológico dos pulmões, não houve diferenças entre os sexos e não foi observada pneumonite. Em ratos Wistar o exame foi caracterizado pela acentuada quantidade de macrófagos "espumosos" intra-alveolares, em ratos WKY, por inúmeros abscessos intraparenquimatosos e em ratos SHR, pela hemorragia alveolar. Conclusões: 1) a amiodarona induz em ratos Wistar maior quantidade de macrófagos espumosos do que nas linhagens WKY e SHR, embora no modelo utilizado eles não desenvolvam pneumonite; 2) a amiodarona tem maior efeito sobre os determinantes morfológicos e citopatológicos do pulmão em animais do sexo masculino.

 


4 - O espectro clínico e radiológico da pneumonia em organização: análise retrospectiva de 38 casos

Clinical and radiographic spectrum of organizing pneumonia: retrospective analysis of 38 cases

Fabrício Piccoli Fortuna, Cristiano Perin, Juliano de Bortoli, Geraldo Resin Geyer, Nelson da Silva Porto, Adalberto Sperb Rubin

J Bras Pneumol.2002;28(6):317-323

Resumo PDF PT English Text

A pneumonia em organização, acompanhada ou não de bronquiolite obliterante, é uma condição anatomopatológica pulmonar específica com uma grande variedade de apresentações clínicas e radiológicas. A pneumonia em organização pode ser idiopática ou secundária a várias doenças, incluindo infecções e drogas. Objetivos: Descrever as manifestações clínicas, dados radiológicos e espirométricos de pacientes com pneumonia em organização. Métodos: Análise retrospectiva de pacientes com o diagnóstico de pneumonia em organização. Resultados: 38 pacientes foram incluídos na análise. Quatorze apresentavam também condições clínicas relacionadas à pneumonia em organização, e estes mais freqüentemente apresentaram infiltração pulmonar difusa (três de quatro casos) e bronquiolite obliterante associada (57% vs. 20%, p = 0,05). Dos 13 pacientes com bronquiolite obliterante associada apenas um era assintomático e dois apresentavam lesões localizadas (15%). De oito pacientes assintomáticos com lesões localizadas, nenhum possuía bronquiolite obliterante associada, e a apresentação radiológica freqüentemente mimetizou carcinoma brônquico. A espirometria de modo geral não contribuiu sobremaneira para o diagnóstico, provavelmente devido à alta prevalência de tabagismo na amostra. Conclusões: A pneumonia em organização possui apresentação clínica e radiológica variada. Fatores que sugerem a ausência de bronquiolite obliterante são a ausência de sintomas e lesões radiológicas localizadas, e esta forma da doença mais freqüentemente deve ser diferenciada de carcinoma brônquico na prática clínica.

 


5 - Estudo de correlação entre provas funcionais respiratórias e o teste de caminhada de seis minutos em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica

Study of correlation between functional respiratory tests and the six minute walk test in patients with chronic obstructive pulmonary disease

Sérgio Leite Rodrigues, Carlos Alberto de Assis Viegas

J Bras Pneumol.2002;28(6):324-328

Resumo PDF PT English Text

Introdução: A espirometria e a gasometria são largamente utilizadas na estimativa da limitação ventilatória e do prognóstico de pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica. Entretanto, testes físicos funcionais, como o teste de caminhada de seis minutos (Tc6), têm surgido como complemento na avaliação dinâmica de portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica. Objetivo: Determinar as correlações entre as provas funcionais respiratórias e o teste de caminhada de seis minutos em portadores de DPOC. Pacientes e métodos: 45 pacientes foram submetidos à coleta de história clínica e a exame físico completo realizado pela equipe médica do Serviço de Pneumologia do Hospital Universitário de Brasília. Em seguida, foi realizada a avaliação das variáveis espirométricas, gasométricas, das pressões respiratórias e o teste de caminhada de seis minutos (Tc6). Resultados: Observaram-se correlações positivas estatisticamente significativas (p < 0,05) das variáveis VEF1, PaO2, SpO2 e Pemáx em relação ao teste de caminhada de seis minutos. Conclusões: O teste de caminhada de seis minutos correlacionou-se de forma significativa (p < 0,05) e positiva e pode ser utilizado como instrumento alternativo na avaliação funcional do paciente portador de DPOC.

 


6 - Perfil de 300 trabalhadores expostos à sílica atendidos ambulatorialmente em Belo Horizonte

Profile of 300 workers exposed to silica seen in an university outpatient clinic

Ana Paula Scalia Carneiro, Luciano de Oliveira Campos, Marcelo Fonseca Coutinho Fernandes Gomes, Ada Ávila Assunção

J Bras Pneumol.2002;28(6):329-334

Resumo PDF PT English Text

Introdução: A silicose é a pneumoconiose de maior prevalência no Brasil, sendo a maioria dos casos proveniente do Estado de Minas Gerais. Apesar de ser uma doença evitável, continuam ocorrendo epidemias localizadas. Objetivo: Descrever o perfil dos trabalhadores atendidos no Ambulatório de Doenças Profissionais do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. Material e métodos: Foram estudados 300 prontuários de trabalhadores expostos à sílica em diversas atividades profissionais, atendidos no período de 1989 a 2000, sendo analisados dados clínico-ocupacionais, espirométricos e radiológicos. Realizaram-se análises univariadas, utilizando o teste do qui-quadrado e teste t. Resultados e conclusão: A média de idade dos pacientes expostos foi de 51 anos, com tempo médio de exposição de 15,6 anos. Diagnosticaram-se radiologicamente 126 (42%) casos de silicose, constatando-se que, quanto mais avançada a categoria radiológica da doença, piores foram os resultados à espirometria e mais freqüentes as associações com tuberculose e com limitação crônica ao fluxo aéreo. O mercado de trabalho formal representou o principal vínculo empregatício, sendo a mineração a principal atividade exercida, responsável pela exposição de 197 indivíduos (66%). Os trabalhadores do mercado informal foram aqueles que apresentaram achados radiológicos indicativos de formas mais avançadas da doença, sugerindo piores condições de exposição à sílica, neste grupo de trabalhadores.

 


Relato de Caso

7 - Bronquiolite obliterante na forma nodular

Bronchiolitis obliterans in nodular form

Paulo de Almeida, Murilo J.B. Guimarães, Mario Gesteira Costa, Vital Lyra, Isabella Coimbra, Luiz Adriano de Albuquerque Oliveira

J Bras Pneumol.2002;28(6):335-338

Resumo PDF PT English Text

Paciente com 54 anos, do sexo feminino, ex-tabagista, que após duas semanas de um resfriado comum procurou atendimento médico devido a tosse com expectoração amarela, obstrução nasal e desconforto facial. Sua radiografia do tórax mostra lesão nodular no lobo superior esquerdo compatível com nódulo pulmonar solitário. Submetida a uma toracotomia exploradora, foi estabelecido o diagnóstico de bronquiolite obliterante com pneumonia em organização (BOOP).

 


8 - Cisto broncogênico com abordagem videotoracoscópica

Bronchogenic cyst with videothoracoscopic approach

Nelson Perelman Rosenberg, Celso Schuler, Fernando Delgiovo, José Augusto Ferreira Bittencourt

J Bras Pneumol.2002;28(6):339-341

Resumo PDF PT English Text

Cistos broncogênicos são a causa mais comum de massa mediastinal cística e o tratamento preconizado compreende a ressecção completa da lesão. Os autores relatam um caso de cisto broncogênico com tratamento efetivo por cirurgia torácica videoassistida (CTVA). Enfatizam os benefícios da CTVA no manejo dessa patologia em relação à toracotomia convencional.

 


9 - Carcinoma mucoepidermóide

Mucoepidermoid carcinoma

Cristiano Feijó Andrade, Spencer Marcantônio Camargo, Paulo Francisco Guerreiro Cardoso, José Carlos Felicetti

J Bras Pneumol.2002;28(6):342-344

Resumo PDF PT English Text

O carcinoma mucoepidermóide é uma neoplasia infreqüente da árvore traqueobrônquica e de etiologia ainda indeterminada. Sua localização endobrônquica preferencial freqüentemente causa sintomas respiratórios obstrutivos e pneumopatias de resolução lenta. Normalmente, são tumores de crescimento lento, mas que podem apresentar comportamento agressivo, com invasão local e metástases para linfonodos, dependendo das suas características histopatológicas. O tratamento de eleição é o cirúrgico, com ressecção completa, seja através de lobectomia ou broncotomia e broncoplastia. O prognóstico dependerá do grau de diferenciação celular desses tumores. Relata-se um caso dessa rara neoplasia descrevendo suas características clínicas, radiológicas e o tratamento cirúrgico.

 


Artigo de Revisão

10 - Radioterapia no câncer de pulmão

Radiotherapy in lung cancer

Heloisa de Andrade Carvalho

J Bras Pneumol.2002;28(6):345-350

Resumo PDF PT English Text

É apresentada uma revisão sobre o papel da radioterapia no câncer de pulmão, com as inovações mais recentes. São destacadas as indicações da radioterapia pós-operatória, combinação da rádio e quimioterapia, para os carcinomas de não-pequenas células. Recomendação para a irradiação profilática do crânio para os carcinomas de pequenas células e perspectivas da irradiação torácica. São descritas também técnicas recentes e apresentado o resultado do "Consenso Brasileiro - Câncer de Pulmão - Radioterapia".

 


Aprimoramento

11 - Ventilação líquida: revisão da literatura

Liquid ventilation: literature review

Cristiano Feijó Andrade, Elaine Aparecida Felix Fortis, Paulo Francisco Guerreiro Cardoso

J Bras Pneumol.2002;28(6):351-361

Resumo PDF PT English Text

Atualmente, novas alternativas de ventilação têm sido estudadas em quadros de insuficiência respiratória, com o objetivo de melhorar a oxigenação e minimizar a agressão ao parênquima pulmonar. A utilização de perfluorocarbonos líquidos administrados diretamente na via aérea vem sendo ostensivamente estudada em modelos de lesão pulmonar e em alguns ensaios clínicos, demonstrando bons resultados com relação à troca gasosa, mecânica ventilatória e propriedades antiinflamatórias. Os PFCs são substâncias que possuem baixa tensão superficial, alta densidade, são insolúveis em água, além de permitirem alta difusão de oxigênio e gás carbônico. Esses compostos atuam recrutando alvéolos colapsados, melhorando a oxigenação, protegendo a arquitetura pulmonar e atuando como carreadores de impurezas, limpando a superfície alveolar de resíduos da degradação celular. Neste artigo de revisão são apresentadas as diferentes modalidades ventilatórias com perfluorocarbonos e fornecidas informações sobre a utilização e o estado atual da ventilação líquida.

 


 


O Jornal Brasileiro de Pneumologia está indexado em:

Latindex Lilacs SciELO PubMed ISI Scopus Copernicus pmc

Apoio

CNPq, Capes, Ministério da Educação, Ministério da Ciência e Tecnologia, Governo Federal, Brasil, País Rico é País sem Pobreza
Secretaria do Jornal Brasileiro de Pneumologia
SCS Quadra 01, Bloco K, Salas 203/204 Ed. Denasa. CEP: 70.398-900 - Brasília - DF
Fone/fax: 0800 61 6218/ (55) (61) 3245 1030/ (55) (61) 3245 6218
E-mails: jbp@jbp.org.br
jpneumo@jornaldepneumologia.com.br

Copyright 2017 - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia

Logo GN1