Jornal Brasileiro de Pneumologia

ISSN (on-line): 1806-3756

ISSN (impressa): 1806-3713

SCImago Journal & Country Rank
Busca avançada

Ano 2007 - Volume 33  - Número 2  (Março/Abril)






Artigo Original

4 - Avaliação da resposta de pacientes asmáticos com refluxo gastroesofágico após terapia com pantoprazol: estudo prospectivo, randomizado, duplo cego e placebo-controlado

Evaluation of pantoprazol treatment response of patients with asthma and gastroesophageal reflux: a randomized prospective double-blind placebo-controlled study

Leandro Heusi dos Santos, Iana Oliveira e Silva Ribeiro, Pablo Gerardo Sánchez, Jorge Lima Hetzel, José Carlos Felicetti, Paulo Francisco Guerreiro Cardoso

J Bras Pneumol.2007;33(2):119-127

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivos: Determinar o efeito do tratamento da DRGE no controle clinico e funcional respiratório em indivíduos asmáticos e avaliar as características clinicas deste grupo de pacientes. Métodos: Pacientes com asma portadores de DRGE patológico documentado por pHmetria de 24 h foram avaliados por meio de questionários sobre sintomas respiratórios, digestivos, de qualidade de vida além de manometria esofágica, espirometria e pico de fluxo expiratório antes e após o estudo. Quarenta e nove indivíduos que apresentavam DRGE patológico na pHmetria esofágica de 24 h foram selecionados e participaram de ensaio clínico terapêutico com pantoprazol (40 mg/dia) controlado com placebo, randomizado, duplo-cego, paralelo por 12 semanas consecutivas. Resultados: Quarenta e quatro indivíduos completaram o estudo (n = 22 cada grupo). Houve melhora significativa no escore de sintomas respiratórios e na qualidade de vida somente no grupo que utilizou pantoprazol (p = 0,01 e p = 0,001, respectivamente). Os parâmetros funcionais respiratórios não se modificaram com os diferentes tratamentos. Conclusões: Neste estudo, o tratamento efetivo do RGE melhorou a qualidade de vida, determinou diminuição dos sintomas em asma de maneira significativa no grupo que utilizou medicamento, contudo sem alterar os parâmetros funcionais.

 


Palavras-chave: Asma; Refluxo gastroesofágico; Tratamento; Diagnóstico; Antiácidos.

 

5 - Acurácia do teste de escada utilizando o consumo máximo de oxigênio como padrão-ouro

Accuracy of the stair climbing test using maximal oxygen uptake as the gold standard

Daniele Cristina Cataneo, Antonio José Maria Cataneo

J Bras Pneumol.2007;33(2):128-133

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Determinar a acurácia dos atributos do teste de escada (TE) de altura definida utilizando como padrão-ouro o consumo máximo de oxigênio (VO2 máx). Métodos: O TE foi realizado com incentivo, em escada (6 lances; 72 degraus; 12,16 m de altura total), em 51 pacientes. O 'tempo' de subida foi cronometrado e o 'trabalho' e a 'potência' calculados. O VO2 máx foi obtido por ergoespirometria, utilizando-se o protocolo de Balke. Foram calculados a correlação linear de Pearson (r) e os valores de p entre as variáveis do TE e o VO2 máx. Para o cálculo da acurácia, o ponto de corte do VO2 máx foi estabelecido em 25 mL/kg/min, estratificando os indivíduos em normais ou alterados. Os pontos de corte para os atributos do TE foram obtidos através da curva receiver operating characteristic. A estatística Kappa (k) foi utilizada para estudo da concordância. Resultados: Obtiveram-se os seguintes valores para a variável 'tempo': ponto de corte = 40 s; x_ = 41 ± 15,5 s; r = -0,707; p < 0,005; especificidade = 89%; sensibilidade = 83%; acurácia = 86% e k = 0,724. Para a variável 'potência', obteve-se ponto de corte = 200 w; x_ = 222,3 ± 95,2 w; r = 0,515; p < 0,005; especificidade = 67%; sensibilidade = 75%; acurácia = 71% e k = 0,414. A correlação de 'trabalho' com o VO2 máx não foi significativa, sendo esse atributo descartado. Conclusão: Dos atributos testados do TE, tendo como padrão-ouro o VO2 máx, a variável 'tempo' foi a que apresentou a melhor acurácia.

 


Palavras-chave: Teste de esforço; Testes de função respiratória; Testes de função cardíaca; Espirometria; Ergometria.

 

6 - Distribuição, tamanho e número dos linfonodos mediastinais: definições por meio de estudo anatômico

Mediastinal lymph node distribution, size and number: definitions based on an anatomical study

Aurelino Fernandes Schmidt Júnior, Olavo Ribeiro Rodrigues, Roberto Storte Matheus, Jorge Du Ub Kim, Fábio Biscegli Jatene

J Bras Pneumol.2007;33(2):134-140

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Criar um mapa de referência dos linfonodos mediastinais através da análise de seu tamanho, número e distribuição nas diversas cadeias. Método: Um total de 50 cadáveres foram estudados, 38 do sexo masculino e 12 do feminino, sendo 39 brancos, com média de idade de 59,9 ± 14,1 anos, altura de 173,1 ± 7,6 cm e peso de 71,0 ± 12,0 kg. A dissecção do mediastino foi realizada bilateralmente, sendo todos os linfonodos ressecados e isolados. A área e os diâmetros transversos maior e menor de cada linfonodo foram determinados por análise de imagem. Resultados: Em 485 cadeias, foram dissecados 1742 linfonodos (2,58 ± 1,89 linfonodos/cadeia). Observou-se uma média de 21,2 ± 8,5 linfonodos à direita e 13,6 ± 6,3 à esquerda. As cadeias 1, 2R, 4R, 5, e 7 estão presentes em mais de 90% da amostra. Apenas as cadeias 4R e 7 estiveram sempre presentes. As cadeias 2L, 3p e 8 estiveram presentes em 32, 36 e 54%, respectivamente. Os linfonodos mediastinais estão presentes em maior número nas cadeias 2R, 4R e 7. Estas mesmas cadeias também congregam os maiores linfonodos mediastinais. Conclusão: A composição de um mapa referencial para os tamanhos linfonodais foi factível. A distribuição, número e tamanho dos linfonodos não se alteraram no intervalo de idades estudado e não sofreram influência do sexo, raça, peso ou altura.

 


Palavras-chave: Linfonodos; Mediastino; Cadáver; Anatomia.

 

7 - Estudo comparativo entre a resistência das suturas manual e mecânica do coto brônquico em cães submetidos a pneumonectomia esquerda

Comparative study of the resistance of manual and mechanical sutures in the bronchial stump of dogs submitted to left pneumonectomy

Antônio Mauro Bof, Abrão Rapoport, Danilo Nagib Salomão Paulo, Luiz Carlos Filgueiras Leiro, Márcio Rogério Alcalá Gomes, Roberto Ruben Pando-Serrano

J Bras Pneumol.2007;33(2):141-147

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Abstract

Objective: To compare the resistance of manual suture with that of mechanical suture immediately after the suture of the left bronchial stump of dogs submitted to pneumonectomy. Methods: A total of 15 mixed-breed dogs of both genders, each weighing between 8 and 23 kg, were randomly divided into 2 groups. In group I (n = 7), the bronchial stump was sutured manually (the Sweet method) and, in group II (n = 8), it was stapled. Immediately after the closure of the bronchial stump, the intratracheal pressure was progressively increased in a controlled manner. Results: The mean rupture pressure of the bronchial stump suture line was 33.71 mmHg in group I and 89.87 mmHg in group II (p < 0.01). Conclusion: These data allowed us to conclude that mechanical suture of the bronchial stump, submitted to pressure immediately after closure, is more resistant than is manual suture in dogs submitted to pneumonectomy.

 


Keywords: Comparative study; Suture techniques; Bronchial fistula; Pneumonectomy.

 

8 - Determinação da eficiência do VEF6 como substituto da CVF na triagem diagnóstica da doença pulmonar obstrutiva crônica através da comparação entre as relações VEF1/CVF e VEF1/VEF6

Determination of the efficacy of FEV6 as a surrogate for FVC in the diagnostic screening for chronic obstructive pulmonary disease through the comparison of FEV1/FVC and FEV1/FEV6 ratios

Fernando Luiz Cavalcanti Lundgren, Marília Montenegro Cabral, Danielle Cristina Silva Clímaco, Liana Gonçalves de Macedo, Marta de Andrade Lima Coelho, Ana Lúcia Pereira Lima Alves Dias

J Bras Pneumol.2007;33(2):148-151

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Determinar a eficácia do uso do volume expiratório forçado nos primeiros seis segundos (VEF6) como substituto da capacidade vital forçada (CVF) na triagem diagnóstica da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) através da comparação entre as medidas da relação VEF1/CVF e as medidas da relação VEF1/VEF6. Métodos: No ano de 2003, durante o Dia Mundial da DPOC, realizamos uma campanha de triagem diagnóstica da DPOC. Os participantes da campanha respondiam ao questionário clínico do projeto Global Initiative for Obstructive Lung Disease e aqueles que apresentavam pelo menos três respostas positivas submetiam-se a espirometria. Resultados: Um total de 134 indivíduos respondeu positivamente a três questões e realizou espirometria. Destes, 59 foram excluídos: 45 por serem não fumantes e 14 pelo fato de seus exames não obedecerem aos critérios da American Thoracic Society para espirometria de qualidade. O número de resultados abaixo de 70% foi similar para VEF1/CVF e para VEF1/VEF6. A sensibilidade de VEF1/VEF6 para o diagnóstico de obstrução de vias aéreas definida por VEF1/CVF abaixo de 70% foi de 92% e a especificidade foi de 99%. O valor preditivo positivo foi de 100% e o valor preditivo negativo foi de 98%. O teste de correlação de Kendall mostrou r = 0,99 (p < 0,0001). O teste t para amostras pareadas mostrou correlação negativa: t = −5,93 (p < 0,0001). Conclusão: A relação VEF1/VEF6 se mostrou eficaz para uso na triagem diagnóstica da DPOC. Existe uma forte relação entre VEF1/CVF e VEF1/VEF6.

 


Palavras-chave: Doença pulmonar obstrutiva crônica; Diagnóstico; Espirometria; Volume expiratório forçado; Capacidade vital.

 

9 - Efeito da teofilina associada ao β2-agonista inalatório de curta ou longa duração, em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica estável: revisão sistemática

Effect of theophylline associated with short-acting or long-acting inhaled β2-agonists in patients with stable chronic obstructive pulmonary disease: a systematic review

Eliane Cristina Zacarias, Aldemar Araújo Castro, Sônia Cendon

J Bras Pneumol.2007;33(2):152-160

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivos: Avaliar se o tratamento com teofilina associada ao β2-agonista inalatório de curta ou longa duração é mais eficaz que o placebo e que o uso isolado de cada um dos fármacos, para os pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica estável. Métodos: Realizou-se uma revisão sistemática com metanálise, sendo selecionados todos os ensaios clínicos aleatórios e duplo-cegos encontrados na literatura. Resultados: Foram incluídos oito estudos. Teofilina associada ao β2-agonista vs. placebo: houve melhora estatisticamente significante para o VEF1 (L), com média 0,27 (IC95% 0,11 a 0,43); e para a dispnéia, com média -0,78 (IC95% -1,26 a -0,29). Teofilina associada ao β2 agonista vs. β2-agonista isolado: nenhuma das metanálises realizadas detectou diferença entre os grupos. Teofilina associada ao β2-agonista vs. teofilina isolada: houve melhora estatisticamente significante para a dispnéia, com média -0,19 (IC95% -0,34 a -0,04). Conclusões: Em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica estável: 1) teofilina associada ao β2-agonista é mais eficaz que o placebo, em relação ao VEF1 e dispnéia; 2a) teofilina associada ao β2-agonista é mais eficaz que a teofilina isolada, em relação à dispnéia; e 2b) teofilina associada ao β2-agonista não é mais eficaz que o β2-agonista isolado, para quaisquer das variáveis estudadas.

 


Palavras-chave: Pneumopatias obstrutivas; Broncodilatadores; Xantinas; Doença pulmonar obstrutiva crônica.

 

10 - Influência do sistema de fornecimento de oxigênio na qualidade de vida de pacientes com hipoxemia crônica

Influence of the oxygen delivery system on the quality of life of patients with chronic hypoxemia

Suzana Erico Tanni, Simone Alves Vale, Paula S Lopes, Marcelo M Guiotoko, Ilda Godoy, Irma Godoy

J Bras Pneumol.2007;33(2):161-167

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes com doença obstrutiva crônica das vias aéreas recebendo oxigenoretapia domiciliar prolongada (ODP) por meio de cilindros de oxigênio e comparar estes resultados com os obtidos após seis meses de modificação do sistema de fornecimento para concentradores de oxigênio. Métodos: Um total de 45 pacientes, 24 com hipoxemia crônica e 21 sem evidências de hipoxemia, foram avaliados. Os pacientes com hipoxemia crônica estavam recebendo ODP regularmente durante pelo menos os últimos seis meses e foram avaliados no momento basal, em uso de cilindro, e após seis meses de transição para concentradores. Os pacientes não hipoxêmicos foram avaliados no mesmo intervalo de tempo que os pacientes hipoxêmicos. Para avaliar a qualidade de vida foi utilizada a versão validada para língua portuguesa (Brasil) do Questionário Respiratório Saint George (Saint George's Respiratory Questionnaire - SGRQ). Resultados: No momento inicial, os pacientes hipoxêmicos apresentaram maior comprometimento da qualidade de vida, avaliada pelo escore total e pelos escores dos domínios sintomas e impacto do SGRQ, que os pacientes não hipoxêmicos. Após seis meses, houve melhora significativa da qualidade de vida dos pacientes hipoxêmicos e, neste momento, não foi encontrada diferença entre os pacientes com e sem hipoxemia. Conclusão: Nossos achados mostraram que os pacientes com doença obstrutiva crônica das vias aéreas e hipoxemia crônica apresentam prejuízo da qualidade de vida, que essa qualidade de vida pode ser melhorada com o uso regular de ODP e que o sistema de fornecimento de oxigênio tem influência nessa melhora.

 


Palavras-chave: Doença pulmonar obstrutiva crônica; Anoxemia; Oxigenoterapia; Qualidade de vida.

 

11 - Análise comparativa e reprodutibilidade do teste de caminhada com carga progressiva (modificado) em crianças normais e em portadoras de fibrose cística

Comparative analysis and reproducibility of the modified shuttle walk test in normal children and in children with cystic fibrosis

Cristiane Cenachi Coelho, Evanirso da Silva Aquino, Dorcas Costa de Almeida, Gisele Caroline Oliveira, Roberta de Castro Pinto, Ivana Mara Oliveira Rezende, Cíntia Passos

J Bras Pneumol.2007;33(2):168-174

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Realizar uma análise comparativa do teste de caminhada com carga progressiva e respectivo re-teste em crianças com fibrose cística (FC), em relação a crianças normais. Métodos: As crianças foram divididas em dois grupos: grupo FC, com diagnóstico confirmado pelo teste de suor, e grupo controle, de crianças normais, sem relatos de doenças pulmonares e com prova de função pulmonar sem alterações. As crianças foram submetidas a pelo menos dois testes consecutivos, com intervalo de 30 min entre eles. Os parâmetros avaliados foram: distância caminhada, sobrecarga cardíaca, saturação periférica de oxigênio (SpO2) e percepção subjetiva do esforço (escala de dispnéia em repouso, e de Borg). Resultados: Foram avaliadas 28 crianças entre 7 e 15 anos de idade (11,57 ± 2,50 e 11,28 ± 1,85 anos para os grupos FC e controle, respectivamente). Os escores da escala de Borg foram significativamente maiores nos controles (p = 0,007). Não foram encontradas diferenças quanto à sobrecarga cardíaca e SpO2. Em relação ao re-teste intergrupos, no segundo teste o grupo controle apresentou aumento significativo tanto da distância caminhada quanto da dispnéia em repouso (p = 0,014 e p = 0,036, respectivamente). O grupo FC apresentou aumento significativo apenas da escala de dispnéia em repouso (p = 0,168 e p = 0,042, respectivamente). Conclusão: A sobrecarga cardíaca imposta pelo teste não diferiu entre os grupos. O maior cansaço inicial no segundo teste sugere que o intervalo de 30 min entre os testes não foi suficiente para o descanso das crianças.

 


Palavras-chave: Fibrose cística; Teste de esforço; Freqüência cardíaca.

 

12 - Impacto da implantação de um guia terapêutico para o tratamento de pneumonia nosocomial adquirida na unidade de terapia intensiva em hospital universitário

Impact of the implementation of a therapeutic guideline on the treatment of nosocomial pneumonia acquired in the intensive care unit of a university hospital

Joseani Coelho Pascual Garcia, Olavo Franco Ferreira Filho, Cíntia Magalhães Carvalho Grion, Claudia Maria Dantas de Maio Carrilho

J Bras Pneumol.2007;33(2):175-184

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Avaliar o impacto da implantação de um guia terapêutico para o tratamento empírico de pneumonia hospitalar. Métodos: Foi realizado um ensaio clínico com controle histórico, no período de junho de 2002 a junho de 2003, em pacientes internados na unidade de terapia intensiva (UTI) que adquiriram pneumonia hospitalar. Todos foram tratados de acordo com um guia terapêutico desenvolvido pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar da instituição (grupo com intervenção). Para o controle, foram analisados os prontuários dos pacientes que adquiriram pneumonia hospitalar no período de junho de 2000 a junho de 2001 (grupo sem intervenção). Foram determinados taxa de mortalidade, tempo médio de tratamento e tempo de internação na UTI e no hospital dos pacientes que adquiriram pneumonia hospitalar. Resultados: A mortalidade relacionada à pneumonia foi menor no grupo tratado de acordo com o guia terapêutico (26 x 53,6%; p = 0,00). Quanto à mortalidade geral, não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois períodos (51 x 57,9%; p = 0,37). Também não foi encontrada diferença quanto aos tipos de microorganismos isolados, tempo de tratamento e tempo de internação na UTI e no hospital. Conclusão: A implantação do guia terapêutico para tratamento de pneumonia hospitalar adquirida em UTI pode ser eficaz na diminuição das taxas de mortalidade.

 


Palavras-chave: Pneumonia/tratamento; Infecção hospitalar; Unidades de terapia intensiva; Mortalidade.

 

13 - Avaliação dos valores sérico e pleural dos marcadores tumorais CEA, CYFRA21-1 e CA 15-3 em portadores de derrame pleural

Evaluation of serum and pleural levels of the tumor markers CEA, CYFRA21-1 and CA 15-3 in patients with pleural effusion

Isabella Coimbra Wagner, Murilo José de Barros Guimarães, Lilian Karine Neves da Silva,Francisco Montenegro de Melo, Maria Tereza Cartaxo Muniz

J Bras Pneumol.2007;33(2):185-191

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Dosar os marcadores tumorais antígeno carcinoembrionário (CEA), fragmento da citoqueratina 19 (CYFRA21-1) e antígeno glicosídico associado a tumor 15-3 (CA 15-3) em sangue e líquido pleural de portadores de derrames pleurais benignos e malignos, avaliando a sensibilidade de cada um deles nesses fluidos. Métodos: Avaliamos prospectivamente 85 pacientes com derrame pleural. O estudo do líquido pleural obedeceu a critérios determinados pela literatura. A dosagem dos marcadores foi realizada por eletroquimioluminescência. A sensibilidade foi determinada sob a condição de que a especificidade fosse ≥ 90%. Resultados: Foram diagnosticados 36 casos malignos (42,4%), 30 benignos (35,3%); em 19 pacientes (22,3%), o diagnóstico foi inconclusivo. Nos casos malignos, os valores de CEA e CYFRA21-1 foram maiores no líquido pleural do que no sangue, fato não observado para o CA 15-3. Nos casos benignos, os valores do CYFRA21-1 foram maiores no líquido pleural do que no soro, enquanto que para o CEA e o CA 15-3, ocorreu o oposto. Todos os marcadores apresentaram diferença significativa entre os casos malignos e benignos, em líquido pleural e soro. Foi encontrada sensibilidade para CEA, CYFRA21-1 e CA 15-3 no líquido pleural de 69,4%, 69,4% e 66,7%, respectivamente e quando associados, foi 80,6%. No soro, a sensibilidade foi 57,1, 71,4 e 48,6% para CEA, CYFRA21-1 e CA 15-3, respectivamente, e quando associados, foi 77%. Conclusão: Os resultados sugerem que a utilização desses marcadores pode ser útil na diferenciação entre derrames pleurais malignos e benignos.

 


Palavras-chave: Marcador tumoral biológico; CYFRA 21-1; CEA; Derrame pleural.

 

14 - Estudo descritivo sobre a implantação da estratégia de tratamento de curta duração diretamente observado no controle da tuberculose em São José do Rio Preto e seus impactos (1998-2003)

Descriptive study of the implementation and impact of the directly observed treatment, short-course strategy in the São José do Rio Preto municipal tuberculosis control program (1998-2003)

Cláudia Eli Gazetta, Silvia Helena Fiqueiredo Vendramini, Antônio Ruffino-Netto, Maria Rita de Cássia Oliveira, Tereza Cristina Scatena Villa

J Bras Pneumol.2007;33(2):192-198

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Descrever os resultados de tratamento (cura, abandono ou óbito) após a implantação da estratégia de tratamento de curta duração diretamente observado (Directly Observed Treatment, Short-course - DOTS) no controle da tuberculose em São José do Rio Preto, São Paulo, no período de 1998 a 2003. Métodos: Estudo descritivo que utilizou fontes secundárias de informações (Sistema Nacional de Agravos de Notificação, Sistema de Notificação de Tuberculose, Livro de Registro/Livro Preto) por meio de um instrumento específico. Os dados foram analisados por estatística descritiva. Resultados: Após a implantação da estratégia DOTS houve uma diminuição das taxas de abandono e detecção de casos e um aumento das taxas de cura e óbito. O aumento do número de óbitos por tuberculose pode ter ocorrido devido a três fatores: o predomínio da doença em indivíduos acima de 50 anos; a co-infecção tuberculose/HIV e a presença de doenças associadas. Conclusões: A implantação da estratégia DOTS fortaleceu a descentralização das ações de controle da tuberculose e a integração das equipes das Unidades Básicas de Saúde com a equipe do Programa de Controle da Tuberculose. O compromisso político do gestor com o combate à tuberculose, aliado à política de benefícios e incentivos, é fundamental para a sustentabilidade da estratégia DOTS.

 


Palavras-chave: Tuberculose; Epidemiologia; Serviços de saúde; Descentralização; Terapia diretamente observada.

 

15 -  Perfil dos pacientes com tuberculose e avaliação do programa nacional de controle da tuberculose em Bagé (RS)

Profile of patients with tuberculosis: evaluation of the Brazilian national tuberculosis control program in Bagé, Brazil

Marysabel Pinto Telis Silveira, Raquel Fabiane Roscoff de Adorno, Tiago Fontana

J Bras Pneumol.2007;33(2):199-205

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Realizar um levantamento epidemiológico dos pacientes com diagnóstico de tuberculose, e fatores associados, além de verificar a eficácia do Programa Nacional de Controle da Tuberculose na cidade de Bagé, Rio Grande do Sul. Métodos: Realizou-se um estudo retrospectivo dos casos notificados de tuberculose do Posto Paulo Barcellos, através da revisão de prontuários médicos e dos dados do Sistema Nacional de Agravos de Notificação, entre janeiro de 2001 e dezembro de 2004. Resultados: Neste período, foram realizadas 4.468 baciloscopias, sendo a de escarro a amostra mais numerosa. Resultaram positivas 131 amostras, com prevalência maior do sexo masculino e idade entre 26 e 35 anos, e prevalência menor daqueles com idade acima de 65 anos. Mais de 50% dos pacientes eram da raça branca, tinham apenas 1 a 3 anos de estudo, e exerciam alguma função que lhes garantia algum sustento, com renda mensal baixa (média de 265 reais/mês). Houve equivalência entre os fumantes e não fumantes, e somente um dos 131 casos de tuberculose era HIV positivo. Conclusão: O número de baciloscopias realizadas em Bagé foi crescente nos últimos quatro anos. Em 2003 e 2004, esse número superou as metas do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, o que demonstra a eficácia da busca ativa de casos de tuberculose na cidade, no entanto, houve diminuição de casos novos.

 


Palavras-chave: Tuberculose; Epidemiologia; Controle de doenças transmissíveis.

 

Artigo de Revisão

16 - Lesão pulmonar aguda associada à transfusão

Transfusion-related acute lung injury

Antonio Fabron Junior, Larissa Barbosa Lopes, José Orlando Bordin

J Bras Pneumol.2007;33(2):206-212

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Lesão pulmonar aguda associada à transfusão (transfusion-related acute lung injury, TRALI) é uma complicação clínica grave relacionada à transfusão de hemocomponentes que contêm plasma. Recentemente, TRALI foi considerada a principal causa de morte associada à transfusão nos Estados Unidos e Reino Unido. É manifestada tipicamente por dispnéia, hipoxemia, hipotensão, febre e edema pulmonar não cardiogênico, que ocorre durante ou dentro de 6 h, após completada a transfusão. Embora o exato mecanismo não tenha sido totalmente elucidado, postula-se que TRALI esteja associada à infusão de anticorpos contra antígenos leucocitários (classes I ou II ou aloantígenos específicos de neutrófilos) e a mediadores biologicamente ativos presentes em componentes celulares estocados. A maioria dos doadores implicados em casos da TRALI são mulheres multíparas. TRALI, além de ser pouco diagnosticada, pode ainda ser confundida com outras situações de insuficiência respiratória aguda. Um melhor conhecimento sobre TRALI pode ser crucial na prevenção e tratamento desta severa complicação transfusional.

 


Palavras-chave: Transfusão de sangue; Insuficiência respiratória; Antígenos HLA.

 

17 - Diabetes melito: uma importante co-morbidade da fibrose cística

Diabetes mellitus in patients with cystic fibrosis

Crésio de Aragão Dantas Alves, Renata Arruti Aguiar, Ana Cláudia S Alves, Maria Angélica Santana

J Bras Pneumol.2007;33(2):213-221

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Diabetes melito relacionado à fibrose cística (DMFC) é a principal complicação extrapulmonar da fibrose cística. Atualmente, ele afeta 15-30% dos adultos com fibrose cística e sua prevalência tende a aumentar com o aumento da expectativa de vida desses pacientes. Esse trabalho tem por objetivo rever a fisiopatologia, morbidade, manifestações clínicas, diagnóstico e tratamento do DMFC. Uma pesquisa bibliográfica utilizou os bancos de dados Medline e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, selecionando artigos publicados nos últimos vinte anos. A insulinopenia secundária à destruição de células beta pancreáticas é o principal mecanismo causal, embora a resistência insulínica também possa estar presente. O DMFC apresenta características do diabetes melito tipo 1 e tipo 2 e tem início, em média, aos 20 anos de idade. Ele pode cursar com hiperglicemia em jejum, pós-prandial ou intermitente. As alterações do metabolismo glicêmico agravam o estado nutricional, aumentam a morbidade, diminuem a sobrevida e pioram a função pulmonar. As complicações microvasculares estão presentes, porém raramente observam-se as macrovasculares. A triagem para o DMFC deve ser anual, a partir dos 10 anos de idade, através do teste de tolerância oral à glicose e, em qualquer faixa etária, se houver perda ponderal inexplicada ou sintomatologia de diabetes. Pacientes hospitalizados também devem ser investigados e receber terapia insulínica se a hiperglicemia em jejum persistir além de 48 h. A insulina é o tratamento de escolha para o diabetes com hiperglicemia em jejum. Não existe consenso quanto ao tratamento do diabetes intermitente ou sem hiperglicemia de jejum. Não há orientações de restrições alimentares. O acompanhamento deve ser multidisciplinar.

 


Palavras-chave: Fibrose cística; Diabetes melito.

 

Relato de Caso

18 - Amiloidose ganglionar mediastinal em paciente com sarcoidose

Mediastinal lymph node amyloidosis in a patient with sarcoidosis

Lilian Schade, Eliane Ribeiro Carmes, João Adriano de Barros

J Bras Pneumol.2007;33(2):222-225

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Paciente masculino, 27 anos, com sintomas respiratórios, linfonodomegalia cervical anterior bilateral e hepatomegalia. Os estudos de imagem evidenciaram linfonodomegalia hilar bilateral e infiltrado pulmonar. O paciente foi submetido a biópsias pulmonar e hepática, que evidenciaram presença de granulomas não caseosos. Também foi submetido à biópsia de linfonodo hilar, que revelou a presença de material amilóide. Os achados clínicos, radiológicos e histopatológicos foram compatíveis com sarcoidose e amiloidose ganglionar. A associação entre sarcoidose e amiloidose é raramente descrita.

 


Palavras-chave: Amiloidose; Sarcoidose; Linfonodos.

 

19 - Doença de Castleman ou hiperplasia angiofolicular como nódulo pulmonar solitário: relato de caso

Castleman disease or angiofollicular hyperplasia as a solitary pulmonary nodule: case report

Guilherme Andrade Krawczun, Cristiano de Morais Garcia, Kazuhiro Ito, Olavo Franco Ferreira Filho, João Carlos Thomson

J Bras Pneumol.2007;33(2):226-228

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Doença de Castleman é uma doença rara que se manifesta geralmente como nódulo mediastinal, com grande variabilidade de apresentação em relação a idade, manifestações clínicas e evolução. Descreve-se paciente do sexo feminino de 40 anos de idade, com dor torácica incaracterística há alguns anos, com imagem hipotransparente à direita em raio X de tórax. A tomografia computadorizada e a arteriografia pulmonar não elucidaram o diagnóstico. O mesmo só foi possível ao exame anatomopatológico após ressecção cirúrgica do nódulo, que evidenciou características de hiperplasia angiofolicular ou doença de Castleman. O artigo ressalta a importância de se acrescentar esta doença na lista de morbidades para diagnóstico diferencial em nódulos pulmonares solitários.

 


Palavras-chave: Hiperplasia do linfonodo gigante; Arteriografia; Lesão numular pulmonar; Relatos de casos [tipo de publicação].

 

20 - Linfangiomatose pulmonar: relato de dois casos

Pulmonary lymphangiomatosis: a report of two cases

Adma Silva de Lima, Mariane Gonçalves Martynychen, Roseni Teresinha Florêncio, Lêda Maria Rabello, João Adriano de Barros, Dante Luis Escuissato

J Bras Pneumol.2007;33(2):229-233

Resumo PDF PT PDF EN English Text

A linfangiomatose, doença rara e de origem controversa, ocorre em indivíduos de todas as faixas etárias, predominando entre os mais jovens, sem predileção por sexo. Comumente cursa com envolvimento torácico, porém órgãos como ossos, baço e fígado podem ser acometidos. Histologicamente, o envolvimento pulmonar cursa com proliferação, anastomoses complexas e dilatação secundária do sistema linfático. Clinicamente, a apresentação é variável. Os achados radiográficos podem ser sugestivos e o diagnóstico é definido pela histologia. Relatamos dois casos da doença; uma das pacientes era oligossintomática e encontra-se em tratamento; na outra, a doença foi mais agressiva e o diagnóstico muito tardio, culminando em óbito.

 


Palavras-chave: Linfangioma; Sistema linfático; Derrame pleural; Doenças linfáticas; Sistema linfática/abnormalidades; Doenças Pulmonares Intersticiais.

 

21 - Metástases pulmonares em homem: localização incomum do tumor primário

Pulmonary metastases in men: primary tumor in an unusual location

Daniel Brito de Araújo, Nilton Haertel Gomes, Décio Valente Renck, Ricardo Bertolino Silva, Danise Senna Oliveira, Fábio Eduardo Nunes Vieira

J Bras Pneumol.2007;33(2):234-237

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Os autores relatam caso de câncer de mama em um homem de 72 anos achado acidentalmente durante a pesquisa do tumor primário para investigação de metástases pulmonares. São abordados aspectos epidemiológicos, diagnóstico, tratamento e prognóstico desta patologia no sexo masculino.

 


Palavras-chave: Metástase neoplásica/pulmão; Neoplasias mamárias; Masculino.

 

 


O Jornal Brasileiro de Pneumologia está indexado em:

Latindex Lilacs SciELO PubMed ISI Scopus Copernicus pmc

Apoio

CNPq, Capes, Ministério da Educação, Ministério da Ciência e Tecnologia, Governo Federal, Brasil, País Rico é País sem Pobreza
Secretaria do Jornal Brasileiro de Pneumologia
SCS Quadra 01, Bloco K, Salas 203/204 Ed. Denasa. CEP: 70.398-900 - Brasília - DF
Fone/fax: 0800 61 6218/ (55) (61) 3245 1030/ (55) (61) 3245 6218
E-mails: jbp@jbp.org.br
jpneumo@jornaldepneumologia.com.br

Copyright 2017 - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia

Logo GN1