Jornal Brasileiro de Pneumologia

ISSN (on-line): 1806-3756

ISSN (impressa): 1806-3713

SCImago Journal & Country Rank
Busca avançada

Ano 1997 - Volume 23  - Número 3  (Maio/Junho)






Editorial

1 - Publicações secundárias e instruções redatoriais

Carlos Alberto de Castro Pereira

J Bras Pneumol.1997;23(3):9-

PDF PT


Artigo Original

2 - Reabilitação pulmonar: fatores relacionados ao ganho aeróbio de pacientes com DPOC

Pulmonary rehabilitation: factors related to aerobic improvement in COPD patients

José Alberto Neder, Luiz Eduardo Nery, Sônia Perez Cendon Filha, Ivone Martins Ferreira, José Roberto Jardim

J Bras Pneumol.1997;23(3):115-123

Resumo PDF PT English Text

Objetivo: Determinar, em pacientes com DPOC submetidos a reabilitação pulmonar (RP), as características clínicofuncionais, da avaliação inicial, relacionadas com o ganho aeróbio efetivo (GAE) após treinamento físico supervisionado. Material e métodos: Antes e após um programa multidisciplinar de RP, foram efetuados em 36 homens com DPOC (25 com doença leve a moderada): avaliação clínica e antropométrica, teste da marcha incentivada de seis minutos (TM6), espirometria, gasometria arterial, mensuração das pressões espiratórias máximas e teste de exercício cardiopulmonar máximo limitado por sintomas (MGC-CPX System). Como parte do programa, os pacientes foram submetidos a treinamento supervisionado de membros superiores e inferiores (24 sessões/60 minutos) com a freqüência cardíaca-alvo (FC) ao nível do limiar aeróbio (LA). Nos pacientes sem LA identificado (n = 6), o treinamento foi realizado na carga correspondente a 90% da FCmáxima atingida. Resultados: O consumo máximo de oxigênio inicial (VO2max) correlacionou-se negativamente com a idade e positivamente com o índice de massa corpórea (IMC), pressão inspiratória máxima (PImax) e o volume expiratório forçado no 1º segundo (VEF1) - p < 0,05. Após RP, um aumento da tolerância ao exercício submáximo (distância percorrida no TM6 pós-pré/pré > 10% e 25m) foi observado em 29 pacientes (80,5%); entretanto, GAE (VO2max e/ou LA pós-pré/pré > 10% e 100ml) foi evidenciado em apenas 15 indivíduos (41,6%). O GAE esteve associado com as seguintes variáveis da avaliação inicial: idade < 65 anos, LA < 40% do VO2max previsto (prev.), IMC > 18,5, VEF1 > 60% prev. e PImax > 60% prev. (p < 0,05). Aumento da PImax e do IMC e redução do escore de dispnéia no exercício máximo foram observados apenas no grupo com GAE (p < 0,05). Conclusões: Aumento da tolerância ao exercício dinâmico submáximo foi observado na maioria dos pacientes com DPOC submetidos a RP; entretanto, ganho aeróbio efetivo (GAE) ocorreu sobretudo nos pacientes mais jovens, eutróficos, com lactacidose de exercício precoce e com menor acometimento funcional pulmonar basal. A ocorrência de GAE associou-se com aumento do IMC e da PImax e com redução significante da dispnéia no exercício máximo.

 


Palavras-chave: DPOC. Reabilitação pulmonar. Exercício. Consumo de oxigênio. Treinamento físico.

 

3 - Influência do tabagismo no ganho ponderal, crescimento corporal, consumo alimentar e hídrico de ratos

Influence of cigarette smoking on body weight, food and water consumption, and growth of rats

Regina Maria Veras Gonçalves-Silva, Márcia Gonçalves Lemos-Santos, Clóvis Botelho

J Bras Pneumol.1997;23(3):124-130

Resumo PDF PT English Text

O presente estudo examinou o efeito do tabagismo e de sua supressão no peso corporal, consumo alimentar e hídrico e crescimento corporal em ratos. Foram estudados 39 ratos machos, 18 adultos e 21 jovens, com idade de 3 meses e 1,5 mês, respectivamente. Na 1ª fase da pesquisa os animais foram expostos à fumaça do cigarro por 30 dias (fumantes) e comparados aos controles, expostos ao ar comprimido. Na 2ª fase, como ex-fumantes e controles os ratos foram observados por mais 30 dias. Durante as duas fases todos os animais foram monitorados quanto ao peso, consumo alimentar e consumo hídrico. Para os animais jovens foi acompanhado o crescimento corporal. Ao final da primeira fase, o peso final e o consumo alimentar dos ratos machos fumantes foram inferiores aos dos não fumantes (p < 0,05), tanto para os adultos, quanto para os jovens. Os fumantes jovens apresentaram crescimento inferior ao dos controles, com maior ingestão hídrica. Na segunda fase do estudo, os ratos ex-fumantes atingiram valores de peso corporal e consumo alimentar semelhantes ao grupo-controle. Conclui-se que o tabagismo interferiu significantemente no peso corporal e consumo alimentar dos animais adultos e jovens, além de diminuir o crescimento corporal dos jovens.

 


Palavras-chave: Tabagismo. Nutrição. Crescimento corporal.

 

4 - Tromboembolia pulmonar em necropsias no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 1985-1995

Pulmonary thromboembolism in necropsies at the Clinics Hospital of Porto Alegre 1985-1995

Sérgio Menna-Barreto, Marcelle Reesink Cerski, Marcelo Basso Gazzana, Stephen Doral Stefani, Roberta Rossi

J Bras Pneumol.1997;23(3):131-136

Resumo PDF PT English Text

Objetivo: Determinar a prevalência da tromboembolia pulmonar (TEP) em necropsias e o seu grau de suspeição antemortem no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Delineamento: Estudo de coorte com dados históricos. Local: Hospital geral de agudos, de ensino universitário, de 728 leitos. Material e métodos: Foram estudados os laudos de necropsias de adultos de 1985 a 1995 e os prontuários dos pacientes cujas necropsias foram positivas para TEP. Suspeita antemortem de TEP foi considerada a partir de registros explícitos no prontuário ou por solicitação de cintilografia pulmonar ou por anticoagulação plena. Resultados: Ocorreram 9.607 óbitos em adultos, com a realização de 767 (7,98%) necropsias. Foi identificada TEP significativa (> 1 subsegmento pulmonar) em 30 (3,9%) pacientes. Em 3 (10%) pacientes, a TEP foi considerada causa eficiente do óbito. Suspeita clínica esteve presente em 5 (16,6%) pacientes; em 25 (83,4%) houve apenas achado postmortem. Conclusão: A taxa de TEP em necropsias foi semelhante à da literatura internacional. O grau de suspeição clínica foi a metade da referida em séries de hospitais universitários norte-americanos e europeus. A TEP foi subsuspeitada em vida em pacientes hospitalizados no HCPA.

 


Palavras-chave: Tromboembolia venosa. Trombose venosa profunda. Artéria pulmonar. Infarto pulmonar.

 

5 - Efeito de broncodilatador através das câmaras de suspensão "Jet" e "Fisonair

Bronchodilating effect with two spacer devices: Jet® and Fisonair®

Maria Amélia Carvalho da Silva Santos, Carlos Alberto de Castro Pereira

J Bras Pneumol.1997;23(3):137-140

Resumo PDF PT English Text

Vinte pacientes com obstrução reversível ao fluxo aéreo foram avaliados de modo cruzado em dias diferentes quanto à resposta ao salbutamol 200mcg, administrado por diferentes câmaras de expansão: Jet (103ml) e grande câmara de suspensão Fisonair (750ml). Houve maior aumento da resposta com Fisonair: 0,32L comparado com Jet: 0,26L (p = 0,02). A resposta com Jet foi 21% menor (IC: -7 a -35%).

 


Palavras-chave: Asma. Aerossóis. Espaçadores.

 

Relato de Caso

7 - Diagnóstico diferencial de lesão cavitária em HIV positivo

Maria Inês Bueno de André Valery, Lino Alexandre de Barros, Rimarcs Ferreira

J Bras Pneumol.1997;23(3):143-147

PDF PT


Artigo de Revisão

8 - Avaliação da qualidade de vida na asma

Ana Luisa Godoy Fernandes, Maria Alenita de Oliveira

J Bras Pneumol.1997;23(3):148-152

PDF PT


9 - Epidemiologia da bronquite crônica e do enfisema (DPOC): até onde sabemos?

Ana Maria Baptista Menezes

J Bras Pneumol.1997;23(3):153-157

PDF PT


Relato de Caso

10 - Lipoma pleural: relato de caso

Pleural lipoma: report of a case

José Wellington Alves dos Santos, Marília Cechella, Júlio Sarturi, Rodrigo Bortoli

J Bras Pneumol.1997;23(3):158-160

Resumo PDF PT English Text

Os autores relatam um caso de lipoma pleural descoberto incidentalmente em radiograma torácico. Os estudos radiográficos não foram conclusivos quanto à natureza da lesão. O diagnóstico foi estabelecido por estudo histológico do tumor extirpado por toracotomia, após avaliação citológica inconclusiva, obtida por punção aspirativa com agulha fina transtorácica.

 


Palavras-chave: Lipoma. Pleura.

 

11 - Teratoma benigno de pulmão: relato de um caso

Benign teratoma of the lung: report of a case

Ana Luiza Engelhorn, Fabiana Maria Geraldi, Maria Helena Varela, Renata Ferreira de Camargo

J Bras Pneumol.1997;23(3):161-164

Resumo PDF PT English Text

Uma paciente de 23 anos apresentou-se com tosse produtiva, vômica e episódios de eliminação de "pêlos". A radiografia de tórax e a tomografia computadorizada evidenciaram abscesso pulmonar em lobo inferior direito (LID). O tratamento clínico falhou, tendo sido realizada lobectomia. O exame anatomopatológico mostrou tratar-se de teratoma pulmonar benigno, uma entidade extremamente rara.

 


Palavras-chave: Teratoma. Neoplasias torácicas.

 

 


O Jornal Brasileiro de Pneumologia está indexado em:

Latindex Lilacs SciELO PubMed ISI Scopus Copernicus pmc

Apoio

CNPq, Capes, Ministério da Educação, Ministério da Ciência e Tecnologia, Governo Federal, Brasil, País Rico é País sem Pobreza
Secretaria do Jornal Brasileiro de Pneumologia
SCS Quadra 01, Bloco K, Salas 203/204 Ed. Denasa. CEP: 70.398-900 - Brasília - DF
Fone/fax: 0800 61 6218/ (55) (61) 3245 1030/ (55) (61) 3245 6218
E-mails: jbp@jbp.org.br
jpneumo@jornaldepneumologia.com.br

Copyright 2017 - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia

Logo GN1