Jornal Brasileiro de Pneumologia

ISSN (on-line): 1806-3756

ISSN (impressa): 1806-3713

Busca avançada

Ano 2008 - Volume 34  - Número 5  (/Maio)






Editorial

1 - Desafios do transplante pulmonar

Challenges in lung transplantation

Fábio Biscegli Jatene, Paulo Manuel Pêgo-Fernandes

J Bras Pneumol.2008;34(5):249-250

PDF PT PDF EN English Text


Artigo Original

2 - Baixa renda como fator de proteção contra asma em crianças e adolescentes usuários do Sistema Único de Saúde

Low income as a protective factor against asthma in children and adolescents treated via the Brazilian Unified Health System

Murilo Carlos Amorim de Britto, Emilses Fernandes de Carvalho Freire, Patrícia Gomes de Matos Bezerra, Rita de Cássia Coelho Moraes de Brito, Joakim da Cunha Rego

J Bras Pneumol.2008;34(5):251-255

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: O estudo visou analisar o papel da baixa renda como fator de risco para o desenvolvimento de asma em crianças e adolescentes. Métodos: Estudo de caso-controle com questionário. Resultados: Foram estudados 687 participantes, de 5 a 15 anos de idade, usuários do Sistema Único de Saúde, em um hospital terciário, sendo 54,7% masculinos. Quase metade (49,1%) residia na zona metropolitana do Recife e o restante no interior. Moravam em casa de alvenaria 98,1%, com média de 5,7 cômodos e 4,8 moradores. Suas mães estudaram em média 6,8 anos. A mediana da renda mensal per capita foi de R$ 103,75. Baseando-se na renda mensal per capita inferior a 25 e 50% do salário mínimo, classificou-se a amostra em muito baixa renda, baixa renda e renda satisfatória, cujos percentuais foram, respectivamente: 39,0, 37,3 e 23,7. Não se observou associação entre baixa renda e desenvolvimento de asma. Conclusões: A baixa renda não exerce, em crianças e adolescentes usuários do Sistema Único de Saúde do nordeste do Brasil, efeito protetor no surgimento de asma, como poderia se supor, baseando-se na teoria da higiene. Todavia, estudos de coorte são necessários para confirmar estes achados.

 


Palavras-chave: Asma; Pobreza; Sistema único de saúde; Criança; Adolescente; Estudos de casos e controles.

 

3 - Complicações relacionadas à lobectomia em doadores de transplante pulmonar intervivos

Complications related to lobectomy in living lobar lung transplant donors

Spencer Marcantônio Camargo, José de Jesus Peixoto Camargo, Sadi Marcelo Schio, Leticia Beatriz Sánchez, José Carlos Felicetti, José da Silva Moreira, Cristiano Feijó Andrade

J Bras Pneumol.2008;34(5):256-263

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Avaliar as complicações pós-operatórias imediatas de doadores vivos de lobos pulmonares para transplante. Métodos: Entre setembro de 1999 e maio de 2005 foram realizadas lobectomias em 32 doadores saudáveis para transplante pulmonar em 16 receptores. Os prontuários médicos destes doadores foram analisados retrospectivamente para verificar a incidência de complicações pós-operatórias e as alterações da função pulmonar após a lobectomia. Resultados: Vinte e dois doadores (68,75%) não apresentaram complicações. Entre os 10 casos que apresentaram alguma complicação o derrame pleural foi a mais freqüente, ocorrendo em 5 deles (15,6% da amostra). Três doadores (9,3%) necessitaram de transfusão de hemácias e, em 2 casos, foi necessária nova intervenção cirúrgica devido a hemotórax. Um doador apresentou pneumotórax após a retirada do dreno de tórax e houve um caso de infecção respiratória. Ocorreram duas intercorrências intra-operatórias (6,25%): em um doador foi realizada broncoplastia do lobo médio; em outro, foi necessária a ressecção da língula. Não houve mortalidade cirúrgica nesta série. As provas de função pulmonar do pós-operatório demonstraram uma redução média de 20% no volume expiratório forçado no primeiro segundo (p < 000,1), em comparação com os valores verificados antes da cirurgia. Conclusões: A lobectomia em doadores pulmonares vivos para transplante apresenta elevado risco de complicações pós-operatórias e resulta em perda definitiva da função pulmonar Uma cuidadosa avaliação pré-operatória faz-se necessária para reduzir a incidência de complicações nos doadores vivos de lobos pulmonares para transplante.

 


Palavras-chave: Transplante de pulmão; Doadores vivos; Pneumonectomia; Complicações pós-operatórias.

 

4 - Tomografia computadorizada de alta resolução na silicose: correlação com radiografia e testes de função pulmonar

High-resolution computed tomography in silicosis: correlation with chest radiography and pulmonary function tests

Agnaldo José Lopes, Roberto Mogami, Domenico Capone, Bernardo Tessarollo, Pedro Lopes de Melo, José Manoel Jansen

J Bras Pneumol.2008;34(5):264-272

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Correlacionar os parâmetros tomográficos com os de função pulmonar em portadores de silicose, bem como comparar os resultados da tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR) com os da radiografia de tórax. Métodos: Foi realizado um estudo de corte transversal, em que foram avaliados 44 pacientes não-tabagistas e sem história pregressa de tuberculose. As radiografias foram classificadas de acordo com a proposta da Organização Internacional do Trabalho. Utilizando um sistema de escore semiquantitativo, os seguintes achados na TCAR foram quantificados: extensão total do envolvimento pulmonar, opacidades parenquimatosas e enfisema. Foram realizados espirometria, oscilações forçadas, avaliação dos volumes pulmonares pela técnica de diluição com hélio e medida da diffusing capacity of the lung for carbon monoxide (DLCO, capacidade de difusão do monóxido de carbono). Resultados: Dos 44 pacientes estudados, 41 eram homens, com média de idade de 48,4 anos. Na análise comparativa, 4 pacientes classificados na categoria 0 pela radiografia foram reclassificados na categoria 1 pela TCAR e, enquanto a radiografia diagnosticou 23 casos de fibrose maciça progressiva, a TCAR estabeleceu esse diagnóstico em 33 doentes. Para o escore de opacidades, as maiores correlações foram observadas com as medidas de fluxo, DLCO e complacência. Já o enfisema correlacionou-se negativamente com as medidas de volume, DLCO e fluxo. Nesta amostra com predomínio de grandes opacidades (75% dos indivíduos), a deterioração da função pulmonar associou-se com a extensão das alterações estruturais. Conclusões: Na silicose, a TCAR é superior à radiografia tanto na detecção precoce da doença quanto na identificação de fibrose maciça progressiva.

 


Palavras-chave: Silicose; Doenças ocupacionais; Tomografia computadorizada por raios X; Testes de função respiratória.

 

5 - Efeitos da azatioprina sobre a depuração mucociliar após secção e anastomose brônquica em um modelo experimental em ratos

Effects of azathioprine on mucociliary clearance after bronchial section and anastomosis in a rat experimental model

Paulo Manuel Pêgo Fernandes, Marcelo Manzano Said, Rogério Pazetti, Luis Felipe Pinho Moreira, Fabio Biscegli Jatene

J Bras Pneumol.2008;34(5):273-279

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Avaliar os efeitos da azatioprina sobre o sistema mucociliar em um modelo de secção e anastomose brônquica em ratos. Métodos: Trinta e seis ratos machos da raça Wistar-Furth foram submetidos à secção e anastomose brônquica esquerda e separados aleatoriamente em dois grupos para receberem solução salina ou azatioprina. Após 7, 15 e 30 dias de terapia, seis animais de cada grupo foram sacrificados, e foram realizadas as medidas da velocidade de transporte mucociliar in situ, da transportabilidade do muco in vitro e do ângulo de contato do muco nos brônquios direito (intacto) e esquerdo (seccionado). Resultados: A velocidade de transporte mucociliar in situ foi significativamente menor nos brônquios seccionados do que nos brônquios intactos (p < 0,001). Houve redução da velocidade de transporte mucociliar in situ nos brônquios intactos dos animais tratados com azatioprina por 7 dias (p < 0,05), havendo completa recuperação após 30 dias de terapia. O ângulo de contato do muco foi maior nos brônquios seccionados dos animais tratados com solução salina por 30 dias (p < 0,001), estando de acordo com a redução da transportabilidade do muco in vitro observada nos mesmos animais (p < 0,001). Conclusões: Concluímos que, nos brônquios seccionados de ratos, a terapia com azatioprina causa um prejuízo apenas transitório do transporte mucociliar, enquanto a administração de solução salina prejudica o transporte mucociliar por até 30 dias. Além disso, a azatioprina contribui para prevenir alterações nas propriedades da superfície do muco.

 


Palavras-chave: Depuração mucociliar; Anastomose cirúrgica; Imunossupressão; Pulmão.

 

6 - Comparação entre provas de função pulmonar, escore de Shwachman‑Kulczycki e escore de Brasfield em pacientes com fibrose cística

Comparison among pulmonary function test results, the Shwachman-Kulczycki score and the Brasfield score in patients with cystic fibrosis

Ivanice Duarte Freire, Fernando Antônio de Abreu e Silva, Manuel Ângelo de Araújo

J Bras Pneumol.2008;34(5):280-287

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Estudar as relações entre função pulmonar, radiologia de tórax e estado clínico em fibrose cística. Métodos: Em estudo transversal e retrospectivo, analisaram-se prontuários e radiografias de pacientes do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Foram estudados as espirometrias e os escores de Shwachman-Kulczycki (S-K) e de Brasfield. Resultados: A amostra final constituiu-se de 40 pacientes com média de idade de 9,72 ± 3,27. Foram obtidas as seguintes médias dos escores de S-K: total, 80,87 ± 10,24; atividade geral, 24,75 ± 1,1; exame físico, 18,87 ± 4,59; nutrição, 21,87 ± 4,18; e radiologia, 15,37 ± 5,23. A média do escore de Brasfield foi de 18,2 ± 4. As médias das variáveis espirométricas foram, em porcentagem do previsto: capacidade vital forçada (CVF), 82,99 ± 14,36%; volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1), 83,62 ± 18,26%; e fluxo expiratório forçado entre 25 e 75% da CVF (FEF25-75), 74,63 ± 2,53%. O escore de S-K correlacionou-se moderadamente com a CVF e fortemente com VEF1 e FEF25-75. O escore de Brasfield correlacionou-se fortemente com o escore de S-K total e da radiologia, e moderadamente com a função pulmonar. O escore do exame físico correlacionou-se moderadamente com CVF, VEF1 e FEF25-75, bem como o da nutrição com FEF25-75 e o da radiologia com VEF1 e FEF25-75. A atividade geral foi a categoria que mais contribuiu para a pontuação total do S-K. Conclusões: Esses escores utilizados para a monitorização da fibrose cística são complementares, correlacionando-se entre si e com as provas funcionais. A categoria radiologia do escore de S-K é um bom substituto para o escore de Brasfield.

 


Palavras-chave: Fibrose cística; Espirometria; Pulmão/radiografia.

 

7 - Prevalência do tabagismo entre dentistas do Distrito Federal

Prevalence of smoking among dentists in the Federal District of Brasília, Brazil

Gerlídia Araújo Rodrigues, Virgílio Galvão, Carlos Alberto de Assis Viegas

J Bras Pneumol.2008;34(5):288-293

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Determinar a prevalência do tabagismo entre os odontólogos do Distrito Federal. Métodos: Realizou-se um estudo transversal descritivo do tipo inquérito, no segundo semestre de 2004, com 446 dentistas residentes no Distrito Federal. As informações sobre o hábito tabágico foram obtidas utilizando-se o questionário da Organização Mundial de Saúde validado e adaptado no Brasil pelo Instituto Nacional de Câncer. Foi considerado fumante regular o indivíduo que fumasse no mínimo um cigarro/dia há pelo menos seis meses antes do estudo. A apresentação dos resultados foi realizada a partir de tabelas e gráficos de distribuição de freqüências, que foi analisada pela estatística descritiva com médias e desvio padrão e cálculo da razão de prevalência. A comparação entre as variáveis distintas foi feita utilizando-se o teste qui-quadrado e foram consideradas diferenças estatisticamente significativas sempre que p < 0,05. Resultados: Declararam-se fumantes 37% dos dentistas, ou seja, 42% dos homens e 31% das mulheres. Conclusões: A prevalência de fumantes entre os dentistas no Distrito Federal está acima da média nacional para a população adulta, que é cerca de 32%. Houve predomínio do sexo masculino entre os dentistas fumantes, mas o número de mulheres fumantes foi preocupante.

 


Palavras-chave: Odontólogos; Tabagismo; Prevalência.

 

8 - Alteração da pressão intra-cuff do tubo endotraqueal após mudança da posição em pacientes sob ventilação mecânica

Endotracheal tube cuff pressure alteration after changes in position in patients under mechanical ventilation

Armando Carlos Franco de Godoy, Ronan José Vieira, Eduardo Mello De Capitani

J Bras Pneumol.2008;34(5):294-297

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: O objetivo deste trabalho foi investigar a alteração da pressão intra-cuff (Pcuff) do tubo endotraqueal em pacientes sob ventilação mecânica, após alteração de sua posição corporal. Métodos: Todos os pacientes selecionados eram inicialmente colocados em posição de semi-Fowler (35°), Pcuff em 20 mmHg, e divididos aleatoriamente em dois grupos. No Grupo A: a Pcuff era medida após mover-se o paciente para decúbito lateral, costas voltadas para o ventilador (denominada Pcuff A1); após retornar o paciente à posição inicial (denominada Pcuff A2); após mover-se o paciente para decúbito lateral, de frente para o ventilador (denominada Pcuff A3); e após retornar o paciente, novamente, à posição inicial (denominada Pcuff A4). No Grupo B: a Pcuff era medida após mover-se o paciente para decúbito lateral, de frente para o ventilador (denominada Pcuff B1); após retornar o paciente à posição inicial (denominada Pcuff B2); após mover-se o paciente para decúbito lateral, costas voltadas para o ventilador (denominada Pcuff B3); e após retornar o paciente, novamente, à posição inicial (denominada Pcuff B4). Resultados: Foram incluídos 70 pacientes no estudo, 31 no grupo A e 39 no grupo B. Valores >22 mmHg foram observados em 142 (50,7%) das 280 medidas de Pcuff realizadas, e valores <18 mmHg, em 14 (5%). Quando movidos da posição de semi-Fowler (35°) para decúbito lateral, costas voltadas para o ventilador, 58 (82,2%) dos pacientes apresentaram valores médios de Pcuff mais altos, >22 mmHg. Conclusões: Mudanças na posição corporal dos pacientes sob ventilação mecânica podem alterar significativamente a Pcuff.

 


Palavras-chave: Pressão; Intubação intratraqueal; Postura; Decúbito dorsal.

 

9 - Avaliação da vigilância de contatos de casos novos de tuberculose no Estado de Mato Grosso - Brasil

Evaluation of surveillance of contacts of new tuberculosis cases in the state of Mato Grosso - Brazil

Shaiana Vilella Hartwig, Eliane Ignotti, Beatriz Fátima Alves de Oliveira, Hellen Caroline de Oliveira Pereira, João Henrique Scatena

J Bras Pneumol.2008;34(5):298-303

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Avaliar as ações de vigilância de contatos de casos novos de tuberculose em Mato Grosso no período de 1999 a 2004. Métodos: Estudo epidemiológico descritivo baseado em dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação-Tuberculose. O número de casos novos de tuberculose, o número de contatos (estimados, examinados e não examinados) e a taxa de incidência de tuberculose foram analisados segundo a faixa etária. Calculou-se, por ano de estudo, a média de contatos examinados para cada caso de tuberculose segundo a faixa etária. Os casos de tuberculose pulmonar com e sem contatos examinados foram analisados segundo o resultado da baciloscopia. Resultados: Em 2004, Mato Grosso apresentou 41,3 casos de tuberculose por 100 mil habitantes. A mesorregião centro-sul apresentou a maior taxa de incidência (57 casos/100 mil habitantes) e uma taxa de 15% de contatos examinados. Entre os menores de 15 anos, examinaram- se 63 contatos (60,5%), enquanto entre aqueles com 15 anos ou mais, examinaram-se 389 contatos (8,9%). Em 1999, a média de contatos examinados em Mato Grosso foi de 0,02 (0,5%), e, em 2004, ela alcançou 0,42 (10,5%). O percentual de contatos examinados foi 40,0% maior entre os contatos de casos bacilíferos (OR = 1,4; IC95%: 1,08-1,83). Conclusões: O percentual de contatos examinados é muito baixo, principalmente entre os adultos. A normatização do exame de contatos de tuberculose pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde não tem sido suficiente para garantir que esse grupo de maior risco de adoecimento seja priorizado pelos serviços de saúde de Mato Grosso.

 


Palavras-chave: Busca de comunicante; Vigilância epidemiológica; Tuberculose/prevenção & controle.

 

10 - Metodologia para caracterização de proficiência em leitura de resultados baciloscópicos para o diagnóstico da tuberculose

Methodology for characterizing proficiency in interpreting sputum smear microscopy results in the diagnosis of tuberculosis

Francisco Duarte Vieira, Julia Ignez Salem, Antônio Ruffino-Netto, Susana Alles de Camargo, Regina Ruivo Ferro e Silva, Lúcia Cristina Corrêa Moura, Meire Jane Vilaça, José Vitor da Silva

J Bras Pneumol.2008;34(5):304-311

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Objetivo: Propor uma metodologia para caracterizar proficiência na pesquisa de bacilos álcool-ácido resistentes (BAAR) em baciloscopias de escarro para diagnóstico da tuberculose, assim como determinar o número necessário de baciloscopias para estabelecer essa proficiência, a qualidade da transcrição dos resultados, as causas das discordâncias nas leituras (leitor e/ou microscópio utilizado) e o critério de classificação de resultados baciloscópicos que causa maior dificuldade na caracterização de proficiência. Métodos: Quatrocentas baciloscopias de escarro para diagnóstico da tuberculose foram analisadas, mediante leituras duplo-cegas, por seis profissionais que usualmente efetuam leitura/supervisão de baciloscopias realizadas na rede básica de saúde. A amostragem foi determinada visando a obter, no mínimo, 90% de concordância nas leituras duplo-cegas, erro α de 5% e precisão de 3%. Os resultados foram analisados mediante concordância observada/ índice kappa. Resultados: Constataram-se 13 erros de transcrição dos resultados (0,27%). A concordância aumentou quando as três categorias distintas de resultados baciloscópicos positivos (BAAR+, BAAR++ e BAAR+++) foram agrupadas ou foram excluídos da análise os exames com resultados inconclusivos. A quantificação da carga bacilar foi o critério de classificação que causou maior dificuldade para caracterização de proficiência. A qualidade do microscópio utilizado foi importante para o aumento da concordância. A estabilização dos valores de concordância somente foi obtida a partir da leitura de 75 baciloscopias. Conclusões: O uso de leituras baciloscópicas duplo-cegas utilizando-se painel composto por 75 lâminas (36 negativas, 4 inconclusivas e 35 positivas) mostra-se adequado para caracterizar a proficiência em baciloscopia para diagnóstico da tuberculose quando essa proficiência pretende reproduzir a rotina laboratorial.

 


Palavras-chave: Tuberculose/diagnóstico; Microscopia; Reprodutibilidade dos testes.

 

Artigo de Revisão

11 - Hipercoagulabilidade e câncer de pulmão

Hypercoagulability and lung cancer

Felipe Costa de Andrade Marinho, Teresa Yae Takagaki

J Bras Pneumol.2008;34(5):312-322

Resumo PDF PT PDF EN English Text

A relação entre câncer e alteração na coagulação já havia sido sugerida há quase 150 anos por Trousseau e, subseqüentemente, ficou claro o maior risco que os pacientes oncológicos têm de desenvolverem fenômenos tromboembólicos. Isto pode ser conseqüência da ativação do sistema de coagulação pelas células neoplásicas ou pelas terapias empregadas (quimioterapias e cirurgias). Tais fenômenos podem, ainda, ser a primeira manifestação do câncer e a sua recorrência, mesmo com anticoagulação adequada, foi descrita. O sistema de coagulação é ativado, normalmente, com finalidade reparativa. Na presença de neoplasias, este complexo sistema está atuante frente a variados estímulos e parece contribuir para a progressão tumoral. Este efeito é mais importante para os focos metastáticos que para o próprio tumor primário. Contudo, a maior parte das vítimas de neoplasias morre das complicações das metástases, revelando a importância deste tema. Nesta área, vários mecanismos já são conhecidos e geram interessantes perspectivas para tratamentos futuros. Atualmente, o sucesso obtido com as heparinas de baixo peso molecular no carcinoma de pequenas células de pulmão é animador. Embora o conhecimento sobre esses mecanismos sejam relativamente recentes, os campos de pesquisa e tratamento estão amplamente abertos.

 


Palavras-chave: Neoplasias pulmonares; Trombofilia.

 

Relato de Caso

12 - Complicações pulmonares após uso de crack: achados na tomografia computadorizada de alta resolução do tórax

Pulmonary complications of crack cocaine use: high-resolution computed tomography of the chest

Alexandre Mançano, Edson Marchiori, Gláucia Zanetti, Dante Luiz Escuissato, Beatriz Cunha Duarte, Lourenço de Araujo Apolinário

J Bras Pneumol.2008;34(5):256-263

Resumo PDF PT PDF EN English Text

Relatamos os achados na tomografia computadorizada de alta resolução de um paciente que, após uso de cocaína fumada ( crack), desenvolveu quadro de hemoptise, dispnéia e dor torácica súbitas. As radiografias de tórax mostravam consolidações predominando em lobos superiores. A tomografia de alta resolução evidenciava opacidades em vidro fosco, consolidações e nódulos do espaço aéreo. Nova tomografia de controle, após suspensão da droga e uso de corticóides, mostrou regressão parcial das lesões e aparecimento de escavações. A correlação entre os achados clínicos, laboratoriais e de imagem permitiu o diagnóstico de "pulmão de crack".

 


Palavras-chave: Cocaína crack/efeitos adversos; Transtornos relacionados ao uso de cocaína; Tomografia computadorizada por raios X;Drogas ilícitas/efeitos adversos; Pulmão/efeitos de drogas.

 

13 - Capnografia volumétrica como auxílio diagnóstico não-invasivo no tromboembolismo pulmonar agudo

Volumetric capnography as a noninvasive diagnostic procedure in acute pulmonary thromboembolism

Marcos Mello Moreira, Renato Giuseppe Giovanni Terzi, Mônica Corso Pereira, Tiago de Araújo Guerra Grangeia4, Ilma Aparecida Paschoal

J Bras Pneumol.2008;34(5):328-332

Resumo PDF PT PDF EN English Text

O tromboembolismo pulmonar é uma situação freqüente que pode ser diagnosticada pela cintilografia pulmonar, angiotomografia computadorizada, arteriografia pulmonar e, como método de exclusão, dosagem do dímero-D. Como estes exames nem sempre estão disponíveis, a validação de outros métodos diagnósticos é fundamental. Relata-se o caso de uma paciente com hipertensão pulmonar crônica, agudizada por tromboembolismo pulmonar. Confirmou-se o diagnóstico por cintilografia, angiotomografia computadorizada, arteriografia pulmonar; a dosagem do dímero-D resultou positiva. A capnografia volumétrica associada à gasometria arterial foi realizada na admissão e após o tratamento. As variáveis obtidas foram comparadas com os resultados dos exames de imagem.

 


Palavras-chave: Tromboembolismo; Hipertensão pulmonar; Capnografia; Esquistossomose.

 

14 - Adenocarcinoma pulmonar, dermatomiosite e síndrome miastênica de Lambert-Eaton: uma rara associação

Lung adenocarcinoma, dermatomyositis, and Lambert-Eaton myasthenic syndrome: a rare combination

Fernanda Manente Milanez, Carlos Alberto de Castro Pereira, Pedro Henrique Duccini Mendes Trindade, Ricardo Milinavicius, Ester Nei Aparecida Martins Coletta

J Bras Pneumol.2008;34(5):333-336

Resumo PDF PT PDF EN English Text

A incidência das neoplasias pulmonares vem aumentando no Brasil e no mundo, provavelmente como resultado do aumento do tabagismo. Com o maior número de casos, surgem as apresentações atípicas. Relatamos o caso de um paciente do sexo masculino, 66 anos, tabagista e hipertenso, que apresentava quadro de fraqueza muscular proximal progressiva e, em dois meses, evoluiu com disfagia para alimentos sólidos, disfonia e lesões cutâneas em forma de "V" no tórax. O radiograma de tórax mostrou um nódulo pulmonar espiculado no lobo superior direito. A análise bioquímica revelou aumento da creatinoquinase. Após exames complementares e biópsias, o paciente foi submetido à lobectomia superior direita. A histopatologia evidenciou um adenocarcinoma moderadamente diferenciado. A análise global do caso e a revisão de literatura permitem sugerir que o quadro clínico do paciente era resultante da sobreposição de duas síndromes paraneoplásicas, a saber, a dermatomiosite e a síndrome miastênica de Lambert-Eaton, secundárias a um adenocarcinoma pulmonar.

 


Palavras-chave: A incidência das neoplasias pulmonares vem aumentando no Brasil e no mundo, provavelmente como resultado do aumento do tabagismo.

 

 


O Jornal Brasileiro de Pneumologia está indexado em:

Latindex Lilacs SciELO PubMed ISI Scopus Copernicus pmc

Apoio

CNPq, Capes, Ministério da Educação, Ministério da Ciência e Tecnologia, Governo Federal, Brasil, País Rico é País sem Pobreza
Secretaria do Jornal Brasileiro de Pneumologia
SCS Quadra 01, Bloco K, Salas 203/204 Ed. Denasa. CEP: 70.398-900 - Brasília - DF
Fone/fax: 0800 61 6218/ (55) (61) 3245 1030/ (55) (61) 3245 6218
E-mails: jbp@jbp.org.br
jpneumo@jornaldepneumologia.com.br

Copyright 2017 - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia

Logo GN1